Direitos dos passageiros de transportes aéreos

Se os voos reservados forem cancelados ou remarcados pela companhia aérea, o passageiro poderá ter direito a um reembolso do preço do bilhete, danos e indenização. Reivindicar estes direitos contra as companhias aéreas, muitas vezes grandes, parece difícil no início.

O Regulamento (CE) nº 261/2004, como um regulamento de direito europeu, concede aos passageiros direitos em caso de recusa de embarque, cancelamento ou grandes atrasos de voos.

Estes podem incluir o reembolso total dos custos de voo já pagos, pagamentos de compensação de acordo com uma taxa fixa e reembolso de acomodações adicionais e custos de alimentação causados por atrasos de voo.

Teremos prazer em ajudá-lo a determinar os direitos que surgirem para você e a fazer valer esses direitos contra a companhia aérea.

Pacotes turísticos

Com a nova lei de viagens da UE, o legislador alemão fez mudanças abrangentes na lei de viagens organizadas para proteger os consumidores a partir de 1º de julho de 2018. Em caso de problemas com a viagem, cancelamento ou nova reserva, os viajantes são protegidos legalmente pelos §§ 651a ff BGB. Além dos direitos especiais de cancelamento, os viajantes podem, em caso de problemas com a viagem, solicitar reduções no preço de acordo com §§ 651i ff. BGB. Além disso, pode-se solicitar indenização, concedida de acordo com o § 651n BGB. As reivindicações podem ser feitas diretamente contra o operador turístico, mas em alguns casos o agente de viagens (por exemplo, a agência de viagens) também pode ser responsabilizado.

Caso sua viagem de férias lhe cause mais problemas do que relaxamento devido a incidentes desencadeados pelo operador turístico, teremos prazer em apoiá-lo pelo menos na aplicação de seus interesses legais de forma abrangente.